segunda-feira, 25 de julho de 2016

A ditadura dos bancos e o governo mundial

Por Fábio Konder Comparato

   Fala de cerca de 20 min com o conhecido jurista brasileiro Fábio Konder Comparato sobre o poder e o controle dos bancos em nossos dias. O jurista apresenta ainda algumas reflexões sobre o governo mundial e a redução populacional. Na mesa a presença do português Boaventura de Souza Santos, um dos maiores sociólogos da atualidade.


Para se aprofundar ainda mais no tema recomendamos os posts:



quarta-feira, 20 de julho de 2016

8 obscuros documentários sobre música brasileira

Rock, Metal e MPB


  Esses documentários são obscuros por serem bem pouco conhecidos. São produções independentes e trabalhos de conclusão de curso. Documentários que jamais foram exibidos na TV e que estavam perdidos pela internet e só recentemente foram postados no Youtube. 
  Se você é fã de música e de documentários, como eu, vai apreciar as informações e curiosidades contidas em cada um deles, irá aprender bastante e se divertir. Irá conhecer histórias como a de Tyto Livi, um certo louco do oeste de Santa Catarina que lançou em 1977 um dois primeiros discos independentes brasileiros que se tem notícia.

História do Clube da Esquina - a MPB de Minas Gerais




Noel Rosa - Meu Luto é a Saudade



O Tropicalismo e o Anti-tropicalismo



Eu Tenho Pressa - A Trajetória da Banda Devotos



História do Rock Catarinense



O Império do Metal em Santa Catarina



Curupira: Onde o Pai Cura e o Filho Pira



Repolho - Música Sem Parar



Todos esses vídeos estão no canal do Steve Jobs Zombie. Para ficar por dentro das novidades do canal e conferir ainda outros vídeos de humor, mistério, ufologia, filosofia e etc... confira o canal aqui. INSCREVA-SE!

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________





terça-feira, 19 de julho de 2016

O maior mistério de todos os tempos

O enigma insolúvel 


   Esse blog é vinculado a banda Os Americanos e ao canal da banda no Youtube. De vez em quando eu experimento criar um vídeo ou outro e postar no canal que também está cheio de documentários diversos sobre cinema, arte, história, rock, mistérios, humor entre outros temas, e você está convidado a visitá-lo e a se inscrever nele. Para as próximas semanas muitos vídeos novos serão postados no canal. E entre os vídeos que crio, como diversão e para aprender sobre edição e o trabalho com a câmera de uma forma geral, tem esse que pouco divulguei, mas que trago aqui hoje, um vídeo onde revelo o maior mistério que existe e apresento algumas reflexões sobre a dificuldade de solucionar o grande enigma. Você está convidado a conferir:
________________________

quarta-feira, 1 de junho de 2016

O Brazil na era dos fundamentalismos

Cilada para um nação

   Cresci vendo na televisão notícias sobre o fundamentalismo entre os muçulmanos. Depois, estudando ciências sociais tive outra ideia sobre o significado do termo, que se tornou mais abrangente e vi então que em nossa sociedade aqui e ali também encontramos grupos fundamentalistas. Até essa época tinha um certo sentimento em relação a esses grupos radicais, pelo que via na TV e lia nos livros, via no Brazil um país privilegiado, que apesar da enorme gama de desafios quanto a sua civilização, estava longe de se constituir em uma país de fundamentalismos, tínhamos já uma certa desenvoltura intelectual e um espírito de liberdade que não permitiriam que qualquer coisa parecida ganhasse uma dimensão tão séria quanto no oriente próximo. Nosso destino era um futuro no mínimo mais próspero e de uma cultura protuberante e relevante no mundo, nada parecia dar indícios de que o país retrocederia neste sentido.

   Contudo, de forma bastante rápida e surpreendente o país descambou de uma nação promissora para uma nação de vergonhosos retrocessos e entre tantos que vemos dia-a-dia em todos os cantos temos essa questão que no país hoje é muito forte, desconfortavelmente forte, que é a questão do fundamentalismo.
   O Brasil virou uma país de fundamentalistas! A maior parte da classe média e praticamente toda a classe pensante e cultural do país abraçou o fundamentalismo de uma maneira radical ou está tendendo seriamente a isso, e só não temos uma guerra civil no país por que não é o interesse do capital internacional, por que se o fosse todas as condições necessárias para uma carnificina estão postas, basta um incidente qualquer que sirva de estopim e uma interpretação exaltada do fato, seguida de um convite às massas para o revide.

   O Brasil que sempre fez feio em todos os índices educacionais internacionais mas que mantinha uma certa força, união e esperança de um futuro melhor, tem se prestado ao que chamo de um moonwalk tosco, que já falei aqui, e se consolida agora como uma nação dividida entre grupos fundamentalistas. Ou seja, mais burrice que isso, só uma guerra. O País atingiu o limite, não dá pra ser mais estúpido do que é, mais que isso é violência generalizada.

Os fundamentalistas são aqueles que julgam que encontraram a verdade, que são os detentores dela e que todos os que compartilham da mesma visão que a sua são seus aliados e todos aqueles que destoam dela são seus inimigos.

   Com um fundamentalista não tem conversa, ou você está com ele ou você está contra, ou você é do bem ou você é do mal. Ou seja, o fundamentalista é um estúpido com pouca educação (apesar das aparências), que não é capaz de uma reflexão crítica ou filosófica, que não consegue ver as coisas numa perspectiva histórica, incapaz de supor algo mais profundo que a superfície, que não tem desenvoltura intelectual. Apesar de termos nutrido durante anos a ideia de que num futuro viveríamos num país melhor, é até bastante óbvio agora observar que o nosso nível cultural e intelectual não estava nos levando nessa direção, mas sim na direção da barbárie, do fundamentalismo.

   Uma pessoa se torna fundamentalista por que, como qualquer pessoa do mundo, carece de algo que lhe dê sentido a vida. Porém, ao contrário de muitos que vão buscar esse sentido estudando, indo atrás de conhecimento, da ciência, comparando as diversas perspectivas sobre as coisas, ao contrário daquele que é crítico e auto-crítico e procura ouvir o que os outros tem a dizer, o fundamentalista é conquistado pela emoção. Em algum momento um discurso chegou até ele e tocou o seu coração, um discurso que não foi depois esmiuçado, investigado, comparado, racionalizado, decomposto, desconstruído, nem nada, um discurso que foi aceito por que lhe deu algo que não tinha, uma verdade para lutar, argumentos para dizer, uma meta, um objetivo, um sentido em sua vida. Esses discursos, estrategicamente construídos para serem sedutores, dão ainda ao fundamentalista um sentimento de autoridade, de superioridade, uma arrogância que nasce da sensação de possuir a verdade e de estar trabalhando para que ela prevaleça em benefício de todos - menos daqueles que se oporem ao seu intento sagrado.

   E o sabor dessa revelação é tal, o sentimento de ter agora algo que lhe dê sentido é tão inebriante, que o fundamentalista está cego, programado para agir e reagir de forma estereotipada diante de certos comandos e códigos sociais, tal como um computador, um robô, alguém que está hipnotizado. A sua programação lhe diz que os outros não puderam ainda ver o que ele viu, os outros precisam ser salvos, os outros precisam também conhecer essa verdade absoluta e se juntar a essa causa tão nobre. Porém, a programação mental que o guia faz com que este ao ver que o outro não se rende à sua verdade, à sua "lógica irrefutável", que o outro atrapalha, se impõe, o ignora, ao constatar isso, o fundamentalista passa a ver no outro o inimigo e já não importa mais o que o outro diga, nenhum argumento é melhor ou maior do que a verdade que ele o fundamentalista carrega e do que as ações que está programado a perpetrar só ou junto com o seu grupo fundamentalista reivindicador.

   Os grupos fundamentalistas proliferam e crescem hoje no Brasil como ninhada de baratas, e são isso que os fundamentalistas são um enxame de baratas tontas que se impõe pelo seu número, mas que sós são facilmente esmagados pela lógica e pela coerência, mas estão cegos demais pra se darem conta disso e muito menos para se darem conta do tamanho do prejuízo que o comportamento fundamentalista trás a cultura, história e desenvolvimento do nosso país. Estou torcendo para que o pior não aconteça, torcendo para que algo novo se dê, torcendo por uma boa surpresa, por que infelizmente, com fundamentalistas a inteligência não resolve, a conversa não acontece, a lógica não faz sentido, nem as amizades valem mais, infelizmente, só resta torcer. Talvez rezar.

___________________________________________________________________________________________________________________________

Confira outras reflexões sobre a paralisia intelectual e cultural do país clicando nos links a seguir:






terça-feira, 24 de maio de 2016

12 famosos que foram assassinados

   Lista de celebridades assassinadas

  Essa semana o país foi surpreendido pela notícia da tentativa de assassinato da apresentadora Ana Hickmann, um episódio traumatizante para todos os envolvidos e que acabou tendo um fim trágico para o agressor. Essa notícia me motivou a atualizar essa postagem trazendo para nossa macabra galeria mais um famoso que não teve a mesma sorte de Ana.
 Desde o ano passado estou para trazer essa atualização ao blog, uma correção importante, mas só agora, enfim, me motivei a realizar a alteração, acrescentei Gianni Versace, um último nome na lista.
 Nossa relação não inclui políticos e nem militantes de nenhum tipo, pois senão teríamos um post extenso demais e esses personagens já estão bem apresentados nos livros de História. Aqui nos limitamos à celebridades do mundo do entretenimento, incluindo esportes. Na primeira versão do post tínhamos 9 nomes e agora, com a terceira atualização, chegamos a 12. Espero não ter mais que atualizar esse post, contudo, se souber de mais algum nome e quiser indicar pra gente, seja bem-vindo. 




John Lennon - com certeza o caso mais famoso de um famoso assassinado. Um fã de John veio diretamente do Hawaí para Nova York para cometer o crime. Mark Chapman, desiludido com letras e declarações de Lennon que contrariavam sua religião e seus princípios morais, deu quatro tiros no ex-beatles em frente ao edifício Dakota onde morava com Yoko Ono. Depois sentou na calçada e esperou a polícia chegar. John tinha 40 anos quando morreu. Era o dia 8 de dezembro de 1980.


Marvin Gaye - artista da clássica gravadora americana Motown, autor de sucessos como o mega hit Sexual Healing, foi morto pelo seu próprio pai, após uma discussão familiar. Gaye, sofria de depressão e vinha ameaçando cometer suicídio, além de não ter um bom relacionamento com seu pai que era pastor evangélico. Foi morto no dia 1 de abril de 1984 na véspera de completar 45 anos, vítima de uma arma que ele mesmo havia dado de presente à seu assassino.





Dimebag Darrell - foi guitarrista da consagrada banda de thrash metal Pantera. Após a dissolução da banda Darrell montou outra chamada Demageplan. E foi durante um show da Demageplan que um fã do Pantera subiu ao palco e matou Darrell de 38 anos e mais 3 pessoas a tiros. O assassino, Nathan Gale, apresentava indícios de distúrbios mentais e acredita-se que o crime foi motivado pelo fato de Gale culpar Darrell pelo fim do Pantera. O assassinato ocorreu no dia 8 de dezembro de 2004, mesmo dia da morte de John Lennon. (No youtube encontra-se o vídeo que mostra Darrell sendo assassinado)




Daniella Perez - filha da teledramaturga Glória Perez e então esposa do ator Raul Gazolla, Daniella foi assassinada em meio as gravações da novela De Corpo e Alma em que interpretava a personagem Yasmin. O assassino foi o também ator e seu par romântico na novela, Guilherme de Pádua, que juntamente com sua esposa, matou a atriz com 18 punhaladas. O crime chocou o Brasil e ocorreu no dia 28 de dezembro de 1992. Daniella tinha 22 anos.




2Pac - as circunstâncias da morte do rapper americano Tupac Shakur ainda são misteriosas. Ele sofreu um atentado no dia 7 de setembro de 1996. Seu carro foi alvejado por cerca de 12 tiros sendo que 4 o atingiram. No dia 13 de setembro 2pac não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital aos 25 anos. Existem muitas teorias sobre usa morte. A mais conhecida tem relação com a rivalidade entre os rappers da Costa Oeste americana, de onde provem 2pac, e os da Costa Leste, de onde provém o rapper Notorious Big, que foi um dos principais suspeitos de envolvimento no crime.




The Notorious B.I.G - Notorious foi morto cerca de 6 meses depois de 2pac sob circunstancias bem parecidas. Ele morreu após ser atingido por quatro tiros dentro de seu carro no dia 9 de março de 1997. O crime até hoje continua um mistério mas acredita-se que o assassinato foi uma retaliação pela morte de 2pac dentro de todo esse contexto de rivalidade entre a Costa Leste e Oeste no rap americano. 2pac chegou a escrever em uma de suas letras que havia dormido com a mulher de Notorious. Morreu aos 24 anos. 



Sabotage - apesar de ter lançado um único disco, Sabotage, que participou também de dois filmes, é uma lenda dentro do rap brasileiro. Morreu no dia 24 de janeiro de 2003 de forma parecida com os rappers americanos descritos acima, sofrendo um atentado, sem chances de defasa dentro do seu carro aos 29 anos. Atribui-se sua morte ao seu envolvimento no mundo do crime, entretanto, amigos e pessoas próximas alegam que Sabotage estava à 10 anos distante da criminalidade. Seu assassino foi condenado a 14 anos de prisão. 




André Almeida - mais conhecido como o "Caubói" do Big Brother 9, André também fez um filme pornô após sua saída da casa. Sua morte surpreendeu o país no dia  primeiro de junho de 2011 quando foi assassinado com um tiro na nuca aos 37 anos no sítio onde morava e tinha um restaurante no interior de São Paulo. O crime ficou durante meses sem solução e não foram encontradas informações na internet que indiquem se o crime pôde ser solucionado.





Sharon Tate - atriz e então esposa do consagrado diretor cinematográfico Roman Polanski, Sharon, considerada um sex simbol em sua época foi morta brutalmente a facadas aos 26 anos por seguidores do hippie psicopata Charles Manson. Com ela foram assassinadas mais quatro pessoas, todos numa casa aos arredores de Los Angeles. O crime, que chocou o mundo, aconteceu no dia 9 de agosto de 1969. Sharon estava grávida de 8 meses e os envolvidos foram condenados a prisão perpétua.




Andrés Escobar - zagueiro da seleção colombiana na copa de 94, Escobar, então com 27 anos, fez um gol contra enfrentando os EUA levando à eliminação da Colômbia ainda na primeira fase da competição. O time colombiano era um dos favoritos ao título, com nomes como Valderrama, Asprilla e Rincón no seu elenco. A frustração dos sul-americanos teria sido tanta com a eliminação que acredita-se ter motivado o assassinato de Escobar dez dias após o jogo, em 2 de Julho de 1994.





Selena Quintanilla Pérez - cantora americana que atingiu grande sucesso nos anos 90 nos países de língua espanhola cantando em castelhano. Foi assassinada com um tiro pela presidente do seu fã clube, Yolanda Saldívar, num hotel na cidade de Corpus Christi, Texas, no dia 31 de março de 1995. O crime chocou o mundo na época, sendo amplamente noticiado nos jornais. A assassina foi condenada a prisão perpetua. Selena tinha 23 anos de idade.






Gianni Versace - estilista italiano, um dos maiores nomes da moda do século XX. Numa manhã de julho de 1997, quando regressava de uma costumeira caminhada, foi baleado em frente a sua mansão com vistas para o mar em Miami Beach. Foi surpreendido pelo assassino em série Andrew Cunanan, que se suicidou pouco depois do homicídio. A polícia afirma que Andrew Cunanan se suicidou com a mesma pistola que usou para matar Versace.

Os Americanos

Loading...