sexta-feira, 31 de agosto de 2012

As maiores gatas da história do Cine Privè

  Cine Privè já foi a principal companhia dos Forever Alone


   Cara, houve um tempo em que farpar era uma tarefa complicada. Não "farpar" propriamente dito, que é muito fácil de fazer, e vc sabe bem como se faz, né? Mas o que era complicado era encontrar material para inspirar o ato. Ou vc usava a imaginação ou homenageava uma vizinha, colega de escola, professora ou mesmo uma gostosa que vc viu passando na rua lembrando dela(s) na hora do cinco contra um. Ou ainda, vc torcia para passar Lagoa Azul ou Férias do Barulho na televisão. Tempos difíceis.

   O dia que vc conseguia uma Playboy emprestada daquele seu colega mais velho ou mais malandro, ah, era uma festa!! E todo mundo tinha um colega com pilhas de revistinhas pornô. Era um troço chato pedir essas coisas emprestadas. Mas as vezes o cara se obrigava...
    Entretanto, eis que de repente, a humanidade dá um salto e surge a... (Internet?? Ainda não) ...sessão de cinema mais caliente da história da TV Aberta, o Cine Privè. Não foi uma sessão pioneira é verdade. Antes houveram às quintas o Made In Brazil ("cinema nacional é só putaria" era o que todo mundo dizia na época) e às sextas a Sexta Sexy ambos na rede Bandeirantes atual Band. O problema dessas sessões era que começavam, pasmem, às 21:30!! Sério!! E não dava pra gente ver por causa da maldita novela e por que nesse horário ainda tava todo mundo acordado na sua casa.

   Entretanto, observando a demanda por sacanagem, os diretores da Band tiveram a brilhante ideia de transferir a sua sessão de sexta para o sábado  e para um horário mais apropriado, digamos assim. E em meados dos anos 90 estreia o Cine Privè a meia noite. E aí pronto. Tinha neguinho que contava os dias esperando chegar o sábado. A sessão foi mudando de horário, mas sempre aos sábados a partir da meia-noite quem ficava em casa tinha o que fazer por duas horas, ou pelo menos até quando conseguia aguentar, entendeu o que eu quis dizer, né?
   E hoje o Steve Jobs Zombie trás as maiores gatas que fizeram história na clássica sessão de cinema. Para relembrar ou, para quem nunca precisou batalhar para farpar, conhece-las. 



Sylvia Kristel


   Sim, Sylvia Kristel, foi uma figura constante nos sábados foreveralonícos de Cine Privè; e não, ela nunca apareceu assim com esse rostinho. Sylvia Kristel, a Emanuelle clássica, apareceu na versão de 1992 da série, interpretando a Emmanuelle mais velha, que conta suas histórias eróticas para aquele senhor no avião, lembra? Versão essa que foi exibida anos mais tarde pelo Ciné Privè.  A Sylvia interpretou a personagem jovem nos 70, na que assistíamos a jovem Emanuelle era interpretada por Marcela Walerstein.

Marcela Walerstein


   Na série Emanuelle, houveram muitas outras gatas, é verdade. Mas nos limitaremos aqui à essas duas por uma questão de espaço manolo. E Sylvia, mesmo tendo aparecido já com uma certa idade e de roupa na sessão, aparece aqui como menção honrosa, pelos servições prestados a nação fap, fap.

Shannah Laumeister


   E aí lembrou dela?? Aposto que não, eu também não lembraria por essa foto. Mas tem outras fotos dela que se postássemos aqui vc lembraria, tenho certeza. Ela participou da série Click, estava com os cabelos crespos na ocasião e suas participações, apesar de não serem como protagonista, foram bem significativas, te garanto.

Jacquline Lovell


   Ela tinha um jeitinho de menininha ingênua do interior. Mas, na série Click, em que participou, ela era má e fazia as cenas mais picantes e desinibidas. Em um dos episódios, inclusive, ela e a Shannah aí de cima fazem juntas uma cena épica, ambas "enfeitiçadas" pelo controle remoto afrodisíaco. 

Shannon Tweed


   Você não precisa ter assistido o Cine Privé pra lembrar dela. Sim, ela mesma, Sannon Tweed é a esposa do milionário capitalista e baixista do Kiss, Gene Simmons. Ambos estrelam o reality show Joias de Família em exibição atualmente na TV fechada.
   Tweed antes de cair nas garras de Simmons ou vice-versa ganhava a vida estrelando filmes eróticos de segunda categoria muitos dos quais foram exibidos no Cine Privè.

Krista Allen


   Ela deve ser a mulher mais bonita da história do Cine Privè. A protagonista da série Emmanuelle no Espaço, acredito que justamente por sua beleza estonteante conseguiu alçar vôos além da esfera do cinema erótico fazendo participações em filmes e séries como Friends, Arquivo X e Smalville.

Kim Dawson



  Ela participou de alguns filmes mas é mais lembrada pelo filme Click. Particpou da série interpretando vários papeis e em todos sempre se envolvendo em alguma cena mais caliente para alegria da torcida. Tem uma que ela faz junto com a já aqui citada Jacquline Lovell, que é realmente memorável, onde a coroa e a gatinha juntas... bem, deixa pra lá.

Gabriela Hall


   Um dos rostos, e corpos, mais comuns na história do Cine Privè foi o de Gabriella Hall que foi a estrela da série Click. Hoje ela está com 46 anos e no cinema só atua como produtora. Mas no seu auge, nos tempos de Click, era só Gabriella aparecer em cena para o cara já ficar torcendo pra alguém virar logo aquele controle remoto pra ela pra festa começar. Os fortes entenderão. 

Kira Reed


   Na postagem original eu cometi o grave erro de não incluir a Kira. Alguém me advertiu sobre isso nos comentários e eu acabei deixando do jeito que tava. Entretanto, como esse é um dos posts mais visitados aqui do blog resolvi corrigir o erro hoje, 09/10/2013. Kira foi estrela da Playboy americana na TV, e fez inúmeros filmes eróticos, sendo que vários deles passavam no Privè. Um dos seios rostos mais mostrados na história da Sessão.

Shannon Whirry


   Outro dia encontrei mais essa beldade, e tive que traze-la pra cá. Circulou pela sessão estrelando a série Animal Instinct e se você não lembra dela, olha só que interessante. Sabe aquele filme Eu, Eu Mesmo e Irene com  JimCarrey? Lembra que tem uma cena em que ele rouba a criança do seio da mãe e aparece mamando nela com toda a vontade....? Pois bem, é na Shannon que Jim mama! A segunda da lista que contracenou com o cara. (atualização de 09/10/2014)


  

 Clique aqui e confira também "WIP: Filmes eróticos sobre mulheres em prisões" Saiba mais sobre os filmes W.I.P. (Women In Prision) e confira uma seleção com 10 filmes essenciais do gênero!






Os Americanos

Loading...