sábado, 15 de novembro de 2014

Brisa e Maresia, os maconheiros do Zorra Total

O Cheech and Chong brasileiro!?

   Não, não assisto ao Zorra Total. Entretanto, sou fã de humor, e sábado a noite quando em casa, vez por outra zapeando pela TV, paro um pouco no Zorra Total, e dou uma conferida no que o humorístico global tem inventado. Tenho que reconhecer que o programa tem evoluído, especialmente graças a uma nova geração de humoristas que tem criado personagens divertidos e bem construídos, mas, como sempre, o roteiro deixa a desejar, e um fã de humor não consegue encontrar no programa muita graça além daquela nos trejeitos dos personagens, quando esses não são aquele exagero espalhafatoso palatável somente ao público que acompanha telenovela.

   Entretanto, num desses sábados em casa, numa dessas zapeadas, parei na globo quando vi essas duas figuras. Poucos segundos bastaram para perceber que se tratava de uma paródia de maconheiros. E eu não pude deixar de ficar muito interessado no que via. Não dei nenhuma gargalhada assistindo, mas achei graça do inusitado e fiquei surpreso em ver drogados sendo representados pelo humor brasileiro. Achei muito curioso não ter sido o Pânico, nem o Porta dos Fundos que apresentaram a novidade, mas o tradicional e arcaico Zorra Total, na TV aberta. E apesar do Hermes e Renato já terem tratado com propriedade do assunto, abordá-lo ainda é raro no humor nacional, as vezes sai até uma piada sobre o tema por aí, mas na época conservadora em que vivemos tratar o assunto de maneira descontraída é quase um tabu.

   Drogados tem sido muito explorados por comediantes americanos. Como por exemplo no episódio de Family Guy em que eles conseguem fazer com que a maconha seja liberada ou na dupla Cheech and Chong, um clássico do humor canábico, numa série de 6 filmes. Mas no Brasil ainda soa ousado. E mesmo que a gente possa contestar o quão engraçada a dupla é, o seu pioneirismo não pode deixar de ser reconhecido por quem gosta de comédia, e só isso pra mim já é motivo pra traze-los para o blog com bastante interesse.
   Particularmente, os vejo como um quadro acima da média do programa, dá pra rir dos caras, mas claro, eles tem fraquezas cômicas, como o nome da dupla, por exemplo, que é bobo. Coisas de Zorra Total.
   Não sei a quanto tempo o quadro estreou, mas o único vídeo que existe dos dois personagens na internet é esse que trago aqui hoje, a segunda esquete da dupla que eu assisto. Notícias nos portais que tratam de televisão indicam que o quadro sairá do ar em breve, o Zorra Total pretende se reformular para o ano que vem, mudando de formato. Parece que uma das maiores bolas dentro do programa em anos, está com seus dias contados. Então, essa é uma das suas poucas chances para conferir essa novidade da comédia brasileira:



   Havia postado o vídeo no youtube, entretanto pouco tempo depois do upload, recebi uma notificação por estar violando direitos autorais das Organizações Globo e ele foi bloqueado. Somente é possível assistir no vídeo acima.



Atualização 19/11/2014 - O ator Rapha Vélles, que interpreta o Brisa da dupla (o ruivo), viu o post e entrou em contato com o Blog. Rapha se mostrou muito contente com o reconhecimento, pela primeira vez alguém dedica algumas linhas à dupla. O ator que foi também criador da dupla, contou que os dois personagens vem do teatro, e em sua origem o estilo de humor era um pouco diferente, mais underground, e que no programa eles precisam se adequar a proposta dos roteiristas e diretores. 
   Graças ao e-mail que ele mandou agora também descobri outros vídeos do Brisa e Maresia disponíveis na rede, estão na página do Facebook da dupla que vc pode conferir e curtir clicando aqui


Os Americanos

Loading...