terça-feira, 10 de novembro de 2015

Astronauta desmaia ao tentar relatar avistamento de OVNIS

O mistério da astronauta Heidemarie Stefanyshyn-Piper

 
   A ufologia é um ramo de pesquisa fascinante, contudo, infelizmente, está longe de ser uma ciência como muitos ufólogos defendem que ela seja. Uma ciência precisa que teorias sejam comprovadas por experimentos, precisa de fatos concretos, dados materiais, previsibilidade, elementos que a ufologia ainda não conseguiu reunir de forma contundente, apesar de muitos de seus casos serem difíceis de explicar por outra via que não a da presença alienígena. 
   Mas se a presença e a intervenção extraterrestre parece ser a explicação mais plausível, ainda assim é só uma explicação possível, para ser a explicação conclusiva precisa-se de mais. E dada a falta de evidencias inequívocas sobra muito espaço para a especulação, e é aqui que mora o maior adversário da ufologia como ciência ao mesmo tempo em que reside aquilo que é o seu maior trunfo, aquilo que faz da ufologia um sucesso, ou seja, suas fascinantes explicações acerca de fenômenos físicos e psíquicos.
   E esse fascínio acaba aproximando a ufologia mais da religião do que da ciência. É uma questão de fé que move a grande maioria dos ufólogos e uma outra parte significativa desses, assim como nas igrejas, é movida pela perspectiva de ganhar dinheiro com a fé dos crentes.

   Gosto muito de ufologia e pesquiso bastante o assunto, conheci casos que me deixaram arrepiado, e não precisamos ir longe para encontrarmos estórias cheias de dados interessantes, testemunhas críveis, fenômenos inusitados difíceis de explicar com o conhecimento que temos a disposição, pois no Brasil existem alguns dos casos mais famosos do mundo como o ET de Varginha e a Operação Prato, casos que além de tudo o que envolve ainda envolveram a morte de pessoas ligadas a eles após serem contactadas por extraterrestres, o que é um fato raro na ufologia. 
   Entretanto, mesmo estes casos e muitos outros estando cheios de dados intrigantes, temos que quase sempre os ufólogos que os estudam estão imbuídos de sua fé na presença alienígena na terra e na perspectiva de ganhar dinheiro vendendo revistas, livros, documentários e fazendo palestrar sobre o tema, e sendo assim, dados que podem levar a questionar suas histórias são muitas vezes omitidos ou distorcidos por estes, algumas coisas sem muita importância são supervalorizadas, as reconstituições são muito mais espetaculares do que aquilo que contam as testemunhas e as explicações lógicas são sempre deixadas de lado como uma tentativa dos governos de encobrir o que realmente aconteceu.
 
   Apesar de crítico escrevo esse texto como um entusiasta da ufologia, porém acredito que para que esta aproxime-se mais de uma ciência é preciso uma apreensão muito mais rigorosa dos casos. Por exemplo, a hipinose precisa ser descartada como prova, casos em que há somente uma testemunha tem que ser fortemente postos em dúvida - como os fantásticos relatos de Antônio Nelso Tasca e Onílson Páttero que já circularam pelas páginas aqui do blog - vídeos e fotos são sempre muito suspeitos, ainda mais hoje em dia com o que a tecnologia permite criar em vídeo e com o que permite criar no ar, como os drones e demais tecnologias militares que ainda nem sabemos que existem. 
   Um exemplo de como a ufologia é especulativa e dá margem a interpretações ao sabor das crenças, interesses e formação intelectual do indivíduo é o vídeo a seguir. Dentro da comunidade ufológica internacional circula essa entrevista com a astronauta Heidemarie Stefanyshyn-Piper onde ela tenta relatar o que viu no espaço numa missão que segundo os ufólogos foi cercada de avistamentos de objetos estranhos. Ela tenta, por que ao falar desmaia por duas vezes. Não existia o vídeo em português então o legendei conforme circula por aí e acrescentei ainda outras informações sobre o caso e a astronauta, dando a ele um certo clima de mistério também. O vídeo pode ser analisado criticamente levando à uma conclusão racional ou pode ser interpretado como mais uma prova arrepiante de que realmente existe algo muito estranho ocorrendo no espaço sideral e aqui na Terra, e estamos só começando a descobrir. E você o que pensa a respeito?:





   Na sequência outros vídeos que trazem imagens dos ovnis e mais detalhes sobre o que teria sido visto pela missão STS-115, apresentando o que teria causado impacto tal na astronauta que ela não conseguiu expressar o que viu. Infelizmente os vídeos estão em espanhol.





   Saiba mais sobre a astronauta Heidemarie Stefanyshyn-Piper e sobre as duas missões que participou conferindo o seu verbete na Wikipédia aqui.


Os Americanos

Loading...